O flangeamento do tubo pode ser realizado em duas soluções diferentes:
 com borda única para tubos com paredes de espessura grossa.
 com borda dupla para tubos com paredes de espessura fina.
Como a qualidade da vedação depende da execução correta desta operação, na preparação é indispensável respeitar algumas regras gerais que podem ser assim resumidas.
O material do tubo a ser utilizado deve permitir a deformação sem gerar rachadura ou esfoliação do material (particularmente no cone interno).
Em geral tal resultado é garantido por meio da utilização de tubos com alongamento mínimo de 21%. O corte da extremidade a ser flangeada deve ser perpendicular ao eixo do tubo.
O comprimento mínimo da extremidade reta deve ser suficiente para o correto posicionamento na flangeadora utilizando equipamento standard (como indicativo, a quota oscila entre 38 e 50 mm).
Respeitar os valores para flangeamento da tabela ao lado.

t
Ø EXT. TUBO
TUBE O.D.
D S D1 S1 R
  min. max. max. min. max. max.  
6 8,4 9,2 1,5 8,4 9,2 0,88 0,8
8 10,1 10,8 1,5 10,1 10,8 0,88 0,8
10 12 12,5 1,5 12 12,5 1,2 1
12 16 16,7 2 16 16,7 1,2 1,5
14 18,8 19,5 2 18,8 19,5 1,2 1,5
15 19,4 20 2 19,4 20 1,2 1,5
16 19,4 20 2,5 19,4 20 1,2 1,5
18 23,5 24 2,5 23,5 24 1,2 2
20 24 24,5 2,5 24 24,5 1,5 2
22 26,2 27,2 3 26,2 27,2 1,5 2
25 29,5 30,2 3 29,5 30,2 1,5 2,3
30 37,4 38 3 37,4 38 1,5 2,3
32 37,6 38,3 3 37,6 38,3 1,5 2,3
38 43,5 44,5 4 43,5 44,5 1,5 2,8


Os cookies nos ajudam oferecer um serviço melhor para você. Ao utilizar o nosso site, você aceita o uso dos cookies. Mais informações